segunda-feira, 17 de junho de 2013

Manifestações, porque não é só por 0,20 centavos







Se você ligou a sua televisão, rádio, facebook ou qualquer outro meio de comunicação esses dias, está sabendo sobre as manifestações, os protestos que tomaram conta do nosso país ultimamente. Tudo começou como uma manifestação contra o aumento da passagem de ônibus em vinte centavos, mas ao desenrolar da história o movimento se tornou algo muito maior, uma expressão do descontentamento do povo brasileiro com a situação em que nosso país se encontra. Milhares de estudantes, jovens e todo o tipo de brasileiros se juntaram em passeatas pacíficas que se espalharam nas principais cidades do Brasil, protestando também contra os gastos do governo com a copa do mundo enquanto pessoas morrem na fila de hospitais públicos. Protestam contra a injustiça, a falta de segurança, a pobreza. Acabei de ouvir na televisão, passando ao vivo a manifestação da White Monday no Morumbi, um repórter dizer que não adianta censurar o grito do povo quando um daqueles sons de censura tentou abafar os palavrões do grito dos manifestantes. "Essa é a minha voz, a voz do povo que cansou de ser maltratado! Vocês não vão censurar a minha voz" ele disse. "Vai lá, da próxima vez que seu filho ficar doente, leve-o ao estádio!" e "Lula, trate de suas doenças pelo SUS!" são frases estampadas nas camisetas dos jovens que guiarão nosso país
.
Nós, o povo, que pagamos a polícia para nos proteger e muitos impostos para ter nossos direitos garantidos somos vítimas da violência gratuita dos policiais que distribuem porrada em todo mundo que tá lá se expressando, cansado de sofrer. Não me leve a mal, eu respeito os policiais, porém quando vejo pessoas da passeata machucadas enquanto lutam por direitos, fico indignada. Na hora de me defender, impedir que eu seja assaltada, o policiamento é fraco, mas na hora de "controlar os vândalos" 30 mil homens se responsabilizam não é? E os tais dos vândalos, meia dúzia de irresponsáveis que depredam a cidade não podem conseguir dar a fama a mais de 100 mil ativistas procurando por um futuro melhor, um futuro melhor não só para si mesmos mas para todos, pobres, ricos, estudantes, adultos, sem-teto, os brasileiros! O movimento é sem violência, mas a mídia usa dez ou onze que causam tumulto para caracterizar todos que estão ali, o que não é verdade. A maioria das pessoas não precisa dos 20 centavos, não faz diferença na vida delas, e até posso dizer que a maioria dos manifestantes nem pega transporte público, mas estão ali, fazendo sua parte. Acredito que não é preciso estar lá na rua para apoiar o nosso povo, esse apoio vem de todos os lados, em forma de gritos e palavras, atitudes. Eu mesma não posso estar em uma passeata dessas, sou nova demais, porém sei pelo que estou lutando escrevendo isso aqui. Algumas pessoas reclamam do trânsito causado pelos protestos, acho que eles não percebem que os manifestantes NÃO estão ali por vinte centavos! NÃO estão ali por ônibus! Estão ali por NÓS, DIREITOS, DEVERES, JUSTIÇA! Acorda Brasil, eu mereço um país melhor.


7 comentários:

  1. Voce tem o direito de ter um futuro e começou muito bem, escolheu uma forma especial de dizer o que pensa. Estou contigo.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto, muitas pessoas não entendem que não é apenas por 20 centavos, mas isso foi a gota d'água para os brasileiros. Depois de gastar milhões nos estádios para mostrar para os estrangeiros, colocar mais 7 impostos nas tarifas de ônibus é muita coisa. Será que eles não pensam que os estrangeiros também podem ir parar no hospital, podem pegar os ônibus caros e mega lotados? Mostrar só os estádios não está com nada.

    http://ontendency.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O dinheiro público tem que ser usado em causas públicas urgentes, necessárias! Obrigada pela visita, beijos :)

      Excluir
  3. Amanda...
    Seu texto está genial, mas acontece que as pessoas também tem o direito de ir e vir... Quando reclamamos do trânsito que gera, do transtorno e do tempo, é que também estamos insatisfeitos, com medo, nos sentindo desprotegidos....
    Existem maneiras e maneiras... A melhor forma de cobrar é pensar muito na hora de votar. O povo têm esse poder.... sair da bandidagem que se tornou a política... tirar os falsos moralistas... Pegue o discurso da campanha política do Haddad... era... priorizar transporte e educação... até agora não vi acontecer!
    Então, vamos ser mais conscientes na hora de votar... no congresso até palhaço (literalmente) é eleito e a responsabilidade é nossa.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Votar direito é a melhor forma de nos defender, pena que ainda não tenho 16 e por isso não posso :( Beijossss!

      Excluir
  4. Parabéns Amanda, por usar o seu espaço para divulgar. Eu também já fiz meu post e inclusive indiquei o vídeo do PC Siqueira também! :D Vamos fazer a diferença!!! Um beijão e até mais.

    www.queridaga.com

    ResponderExcluir

Obrigada por ler, seu comentário será muito bem vindo!